sábado, 1 de dezembro de 2012

Tão certo quanto 2+2 são cinco...

Ontem a noite tivemos uma surpresa assustadora, e que de uma forma bizarra me trouxe de volta a vontade de escrever novamente no blog... A vida tem umas formas muito divertidas de nos alertar, ou posso dizer quer Deus tem uma forma divertida de se comunicar? Acho que pode ser verdade, por que não?

Como na semana passada, enquanto eu surtava de medo de uma cirurgia simples na boca. Eu chorava, tremia, e verbalizava todos os meus maiores medos com a cirurgia, que iam desde ficar surda a sangrar ate morrer.
No meio da crise toda, enquanto o pobre marido psicólogo chorava de rir da minha cara (tem volta.. tem volta!), eu olho para o lado e.. sabe quando uma coisa nada a ver com o assunto brilha? Um objeto ou alguém prende imediatamente sua atenção e vc precisa parar tudo e olhar pra aquilo?
Pois bem, ao lado e meio atrás do meu marido estava uma garrafinha de água mineral. E sabem a marca dela? Escrita em letras enormes e brilhantes? "FRESCA"!!!!!!!!

Eu lá, babando e espumando de um medo irracional, olho pro lado e leio FRESCA! Na hora parei com o escanda-lo, morrendo de vergonha.. Peguei minha bolsa e fui pro consultório do meu irmão bucomaxilo tirar os 3 sisos assassinos que me perturbaram os últimos 6 meses. Quase sem drama ate o fim... Ok que precisaram me dopar para não fugir da cadeira ou arrancar a mão do irmão. Mas... enfim, o que importa é a mensagem!!
Quem mais no universo pode ter um timing tão perfeito, se não o próprio todo poderoso?

Bom, foi algo assim ontem e hoje. O bonitão do meu marido resolveu limpar o piso da sala com ácido. Sem máscara, e misturando o ácido a cloro.
Duas horas de trabalho nisso, e a noite descobrimos o quão feio e assustador uma intoxicação pode ser.
E isso enquanto eu terminava o bolo de uma amiga!! Para tudo e corre ajudar o marido virando do avesso no banheiro...

Graças a isso, fui dormir já eram mais de 2 da manhã, quando finalmente consegui terminar a "parte interna" do bolo. Claro que acordei moída no dia seguinte (hoje) para terminar de cobrir e decorar o bolo. E a coragem? Sabe quando você acorda e seus pés doem só de pisar no chão? Quando você tenta dizer bom dia pro cachorro e diz "Gruurr arrr", cachorro esse aliás que tbm estava desmaiado em cima de vc, tbm estragado da noite malévola.

Bom nesse animo, me atraquei em um pequeno balde de café fui ver TV ate acordar um pouco. E foi ai que veio a tal mensagem do além. Eu nunca acordo tarde assim, nunca ligo a Tv durante o dia, e fiz isso hoje logo quando estava passando Julie e Júlia!

Esse filme é a razão principal de ser desse blog! Eu estava a uns anos atrás desesperada querendo escrever algo, querendo algo novo e gratificante em minha vida, e pensei em algo com comida.. de leve, a ideia ficou ali maturando.. E no mesmo dia a noite, recebemos uns amigos para jantar e eles trouxerem um filme pra gente ver. E era justamente Julie e Júlia. E foi assim que no dia seguinte, nasceu esse blog.

E uma cena do filme que me marcou demais na época, era justamente a cena que estava passando hoje quando liguei a TV! Uau! Se isso não é um "oi tudo bom" do além, não sei o que mais pode ser.

E foi tão legal lembrar o quanto eu estava perdida na época, o quanto consegui me resgatar com a comida! Como foi divertido, quantas garrafas de vinho esvaziadas com a casa cheia de gente doida pra comer minhas tentativas. Eu precisava tanto daquilo... Aquilo tudo foi tão importante!

E agora, um par de anos depois, eu tenho 3 empreendimentos meus para administrar... Uma empresa com meu pai (que admito, só tenho feito o financeiro e olhe lá, preciso me redimir com isso), os bolos e as festinhas (que jurei  aceitar apenas bolos daqui pra frente), e agora em qualificação para Diretora da Mary Kay. E olho pra trás e lembro de quando tudo o que eu tinha era uma empresa mambembe, meio afundando em dificuldades (amém Sebrae, nos te amamos por salvar nossas vidas!), lembro das minhas tentativas desesperadas de escrever contos infantis (que hoje saem naturalmente, entre uma festa e uma entrega de produtos), lembro das pessoas me dizendo para não correr atrás dos meus sonhos, por que sonhos são só sonhos e eu nunca seria capaz de concretizá-los... Lembro de grandes empresários me dizendo que eu não possuía 8 braços, que uma das coisas iam cair e afundar! Tão certo quanto 2+2 são quatro, eu ia quebrar!

E não quebrei... Muito pelo contrário, me fortaleci pra c*. E claro, ainda fico meio doida as vzs, ainda esqueço coisas importantes, ainda preciso tomar uns drinks cazamiga e morrer de rir da minha loucura. Mas... Estou sobrevivendo bravamente e fazendo as coisas darem certo como nunca imaginei possível.

Sinto como se essa parte "alimentar" da minha vida fosse a cola que me mantém coesa, que liga todas as áreas diferentes e absurdas do meu dia a dia. E me devolve a serenidade quando não sei como reagir.

Novembro foi o primeiro mês depois da completa transformação que impusemos em nossas vidas, em que nossa conta bancária não chegou falida no fim do mês, cartões pagos inclusive. Todos os 3 diferentes trabalhos estão caminhando para uma resolução perfeita dentro dos próximos meses. Ate os dramalhões familiares estão se acertando aos poucos, conforme aprendemos a não dar a mínima para eles.
Ate os pacientes mais travados do meu marido parecem que estão se acertando! O.o´ Pós graduação do lindo chegando ao fim, mestrado numa universidade f* já em andamento.. S2 Orgulho desse homem!

Antes de mandar Alphaville a merda, eu retirei uma carta do meu tarô e saiu a Esperança. Que trás pandora abrindo uma caixa de desastres, e encontrando esperança. E foi justamente isso o que encontrei saindo de alphavella. Muito drama, muita canseira, muito trabalho... E esperança, pq finalmente nos sentimos no lugar certo, funcionando no lugar exato onde deveríamos estar no mundo. Fazendo o que devemos fazer...

Por muito tempo eu ouvi pessoas me "ofendendo" dizendo que eu "me achava" demais. Vejam que coisa, talvez eles estivessem certos, pq só agora eu realmente sinto que "eu sou". Não me acho mais nada, eu só sou.
E cara, eu me acho foda por ser como sou. Nem um pouco perfeita, cheia de pequenos demônios interiores. Mas estou de bem com meu lado negro, e aparentemente as coisas estão caminhando para um equilíbrio.

Como não me sentir pornograficamente feliz?! (e exausta.. rs)

Então é isso.. vou voltar a escrever aqui decentemente. Não sei com que frequência. E agora que passei de 350 visitas por dia para 50 por semana, provavelmente ninguem vai ler p* nenhuma. Mas... Vou voltar a escrever aqui direito. Por mim.
Pq acho isso tudo muito gostoso e me distrai o cabeção! E eu mereço 20 min de bobeira.


6 comentários:

  1. Ana, espero sim vê-la de volta! Não consegui lhe tirar do meu Google Reader porque esperei que vc voltasse ^^

    Bem vinda de volta!

    ResponderExcluir
  2. bem vinda de volta!!!proibido ficar mais tempo sem postar!!bjo amigaa

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Beatriz Dias Bueno5 de dezembro de 2012 08:39

      Fico feliz de você estar de volta! Vida de mulher empreendedora é um sufoco, mas não me imagino mais trabalhando dentro de uma empresa e atendendo o mesmo cliente/chefe. Sou jornalista, trabalho em casa e, confesso, ficar desesperada ao pensar se vou dar conta de tanto trabalho ou, se os frilas estão fracos, ou de pagar as contas. Mas sou tão mais feliz assim!! Imagina você com TRÊS empresas???? Parabéns pra você, Ana!!!!

      Excluir
    2. Olha Beatriz, eu vou ate fazer um post mais ocmpletinho sobre isso...

      Dar conta, eu dou. Mas comecei a calcular ate que ponto isso vale a pena.. rs

      Estar sempre cansada é um dos "pagamentos" obrigatórios... O que aliviou um pouco foi contratar uma assistente. Mas ainda assim repensei várias coisas e abandonei temporariamente um dos projetos.

      Minha saúde em primeiro lugar, mas foi um trabalhão aceitar isso.. rs

      bjos

      Excluir